Sustentabilidade

Informação regulatória (Regulamento (UE) 2019/2088 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de novembro de 2019, relativo à divulgação de informações relacionadas com a sustentabilidade no setor dos serviços financeiros)

Os procedimentos internos da Imopólis regem-se pelas melhores práticas de mercado, o que significa que existe a consideração de fatores de sustentabilidade no seu processo de investimento e na gestão dos ativos em carteira. Contudo, estes fatores não são preponderantes nas decisões de investimento, pelo que estas decisões não têm em conta impactos negativos sobre fatores de sustentabilidade, nos termos do Regulamento (UE) 2019/2088, pois tal não se coadunaria com a política de investimento do fundo que atualmente a Imopólis tem sob gestão.

Em conformidade com o que antecede, a política de remuneração da Imopólis também não tem presentemente em conta a integração de riscos em matéria de sustentabilidade.